Ministro Rogério Marinho, agora ‘bolsonarista do Centrão’, deixa PSDB

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, divulgou uma nota sobre a sua saída do PSDB. Marinho integrou o governo golpista de Temer e emendou no governo Bolsonaro com a tarefa de retirar os direitos sociais dos trabalhadores.

Marinho é muito próximo das lideranças do Centrão, que paulatinamente ocupam postos de relevo no governo federal.

Confira abaixo a nota do ministro na íntegra.

O fato de me encontrar desde fevereiro de 2019 investido no cargo de secretário especial e depois como ministro do Governo Federal me levou a um afastamento da vida orgânica do PSDB. Por essa razão, me desfilei do partido.

Agradeço o apoio que sempre tive e desejo boa sorte a seus integrantes.

LEIA TAMBÉM:

PT convoca para o ‘Dia Mundial Stop Bolsonaro’ em 28 de junho

Rodrigo Maia apoia prorrogação de auxílio emergencial de R$ 600

O peladão do presidente, segundo a Folha

Entendo que esse é um novo momento na política nacional, me sinto honrado pela missão confiada a mim pelo presidente Jair Bolsonaro: o ataque às desigualdades regionais e a diminuição do déficit de infraestrutura e mobilidade do nosso país. Essas são nossas prioridades!

Rogério Marinho