Dirceu prevê centrão votando o impeachment de Jair Bolsonaro

O ex-ministro José Dirceu previu na noite desta segunda-feira (22) que o Centrão, grupo de partidos fisiológicos no Congresso, irá trair o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) votando favoravelmente ao impeachment.

“Amanhã o centrão é 1º a votar o impeachment de Bolsonaro”, disse o ex-ministro em entrevista ao Painel Haddd, programa de entrevistas do ex-candidato do PT à Presidência Fernando Haddad.

Dirceu discorreu sobre os aspectos políticos, jurídicos, sociais, econômicos e filosóficos da sociedade em pouco mais de uma hora de entrevista.

Para ele, o Jornal Nacional é um partido político falando em horário nobre com sua opinião política própria.

José Dirceu avaliou que Globo e Folha têm medo de pedir o impeachment porque temem os militares e as esquerdas.

“Haverá convulsão social, isto haverá. A instabilidade é gravíssima: política, social, economia, sanitária e institucional”, disse.

O ex-ministro também acredita que, ao fim da pandemia, a classe média vai às ruas para tirar Bolsonaro.

“É hora de impeachment, tirar Bolsonaro. Depois a gente cuida do Mourão. Se ele não tirar o Guedes, cairá também”, finalizou.

LEIA TAMBÉM

Assista a entrevista na íntegra: