“São indivíduos perigosos”, diz Flavio Dino sobre alvos da operação da PF contra fake news

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), comentou em suas redes sociais sobre a operação da Polícia Federal (PF) relacionada ao inquérito das fake news que é conduzido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Milicianos digitais fraudam a democracia e corrompem a sociedade. Espalham ódio e inviabilizam o diálogo. Desestruturam famílias e incentivam ilegalidades. Cometem e acobertam crimes. Em suma, são indivíduos perigosos”, escreveu o governador no Twitter.

LEIA TAMBÉM:
Véio da Havan, Roberto Jefferson, Alan dos Santos e Douglas Garcia são alvos da PF nesta quarta

Sara Winter chama Alexandre de Moraes de covarde e publica trecho de mandado

Robôs amanhecem na defesa de Abraham Weintraub ameaçando o STF

Deflagrada na manhã desta quarta-feira (27), a operação da PF cumpre 29 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os mandados foram expedidos pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes, relator do inquérito que investiga a disseminação de notícias falsas e ameaças à Corte. Entre os alvos estão o ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB), o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP), a ativista Sara Winter, o blogueiro Allan dos Santos e o empresário Luciano Hang.