Pré-candidato a prefeito de Curitiba, Requião completa 79 anos nesta quinta-feira

Compartilhe agora

Requião completará 79 anos na quarta-feira, dia 5 de março. “Montei uma recepção de 24 horas, na minha casa, para receber presentes dos amigos”, brinca.
O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR), pré-candidato a prefeito de Curitiba, vai completar 79 anos de idade na próxima quinta-feira, dia 5 de março.

“Montei uma recepção de 24 horas, na minha casa, para receber presentes dos amigos”, brinca. Ele não esconde que gosta de ganhar vinhos, uísques e bombons.

O emedebista estuda concorrer ao cargo que ele já ocupou em 1985, na redemocratização do País, quando derrotou o ex-governador Jaime Lerner.

De posse de pesquisas internas, Requião tem conversado muito com correligionários no MDB e aliados em outros partidos já de olho num eventual segundo turno na capital paranaense.

LEIA TAMBÉM
PT e Requião irão separados na disputa pela Prefeitura de Curitiba

Direita x esquerda: Francischini prevê polarização com Requião na corrida pela Prefeitura de Curitiba

Pré-candidatura de Requião encoraja Haddad em São Paulo; assista

De acordo com a movimentação nas agremiações, os principais candidatos à Prefeitura de Curitiba em 2020 serão:

  • Rafael Greca (DEM), que tentará a reeleição
  • Roberto Requião (MDB), que busca o retorno à origem
  • Delegado Francischini (PSC), cujo programa é o combate à bandidagem
  • Ney Leprevost (PSD), que lutará pela revanche (ele perdeu o 2º turno para Greca em 2016)
  • Gustavo Fruet (PDT), que sonha com a volta à Prefeitura

Evidentemente que outras pré-candidaturas e candidaturas poderão surgir nos próximos meses, mas, a princípio, esses cinco apresentados acima são os mais competitivos.

Voltemos a Requião, 79 anos.

Os adversários insistem em rotulá-lo como “velho”, mas Requião rebate dizendo que é o mais experiente de todos na corrida.

O velho emedebista cita como exemplo de vigor político o senador Bernie Sanders, virtual candidato do Partido Democrata contra o atual presidente americano Donald Trump.