PT estuda convocar Weintraub para explicar na Câmara lambança no Enem

A volta do recesso promete ser quente na Câmara. O PT estuda convocar o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para explicar a lambança no resultado do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio).

A iniciativa de convocar Weintraub tem a simpatia do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que já declarou que o ministro faz mal à educação, à primeira infância, ao futuro do Brasil.

Maia chamou na semana passada o titular do MEC de “desqualificado” e disse que Weintraub afugenta investimentos externos no País.

LEIA TAMBÉM
Guarabyra desautoriza versão de ‘Dona’ em homenagem a Regina Duarte

Globo escolhe Celso de Mello para Prêmio Faz Diferença; ‘os entendidos entenderão’

‘Folha distorce, falseia e defende a censura da Globo’

Se realmente o PT convocar Weintraub, de pronto, o partido tem o apoio da UNE, UBES, ANDES e ANDIFES, além, é claro, dos estudantes prejudicados com as falhas e erros na divulgação do Enem 2019.

Na altura do campeonato, diante de tanta incompetência, certamente, até o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defende ‘secretamente’ que Weintraub peça para sair do cargo.

O Congresso Nacional –Câmara e Senado– inauguram a 2ª sessão legislativa ordinária da 56ª legislatura nesta segunda-feira (3), às 15 horas, no plenário Ulysses Guimarães.

O enfraquecido ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), deverá ler a mensagem do governo Jair Bolsonaro (sem partido) na reabertura dos trabalhos parlamentares.