Desembargador manda retirar especial do Porta dos Fundos do ar

O desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível do TJ-RJ, determinou nesta quarta-feira (8) que a produtora Porta dos Fundos e a plataforma de streaming Netflix retirem do ar o especial de Natal do grupo de comédia, denominado “A Primeira Tentação de Cristo”. A produção causou controvérsia e gerou críticas de conservadores ao sugerir que Jesus viveu um relacionamento homossexual.

LEIA TAMBÉM:
Toffoli dá 15 dias para Weintraub explicar ofensas à UNE

Lula: “Bolsonaro não tem medido esforços para provar que é um lambe-botas dos EUA”

Ministros do STF querem que CNMP leve adiante investigação sobre fundação da Lava Jato

O pedido para a retirada do especial do ar foi feito pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, e havia sido negado em primeira instância.

“Por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida”, escreveu o magistrado em sua decisão.

Com informações do Portal Terra.