Lula é absolvido de farsa da Lava Jato; leia a íntegra da decisão judicial

Publicado em 4 dezembro, 2019

O advogado Cristiano Zanin Martins, da defesa de Lula, comemorou a absolvição de seu cliente no chamado “Quadrilhão” do PT (rótulo criado pela Lava Jato).

De acordo com o defensor do petista, a absolvição sumária se deu perante um juiz imparcial. Ele se referiu ao juiz federal Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal do Distrito Federal.

“O magistrado de Brasília indicou a “tentativa de criminalizar a atividade política” pela descabida acusação que ficou conhecida como “quadrilhão” – que faz parte do Lawfare contra Lula”, comemorou o advogado de Lula.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também soltou rojões com a absolvição de hoje.

Segundo Lula, caiu a farsa do procurador Deltan Dallagnol, que usou a base do powerpoint, e do ex-juiz Sérgio Moro com suas farsas judiciais.

Em outubro, a procuradora da República no Distrito Federal Marcia Brandão Zollinger se manifestou pela absolvição sumária dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, e dos ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega na ação penal movida contra petistas por suposta organização criminosa em esquemas na Petrobras, no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e em outros setores da administração pública, que ficou conhecida como “Quadrilhão do PT”.

Clique aqui para ler a íntegra da decisão judicial.

LEIA TAMBÉM
Advogado de Lula responde Augusto Nunes; confira

Ao vivo: Moro participa de audiência pública sobre prisão em 2ª instância na CCJ do Senado

Gilmar sobre pacote anticrime de Moro: mão de obra barata para o PCC