Gleisi: “Tenha vergonha Moro”

Compartilhe agora

A presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), denunciou nesta quarta (24) que o ministro Sérgio Moro estaria “armando novamente” contra o partido numa espécie de nova versão do “sequestro de Abilio Diniz”.

A reação da parlamentar ocorreu após o ex-juiz afirmar no Twitter que “Elas [as 4 pessoas presas], a fonte de confiança daqueles que divulgaram as supostas mensagens obtidas por crime” e à informação de que um dos supostos ‘hackers’ queria vender mensagens de Moro para o PT.

“Tenha vergonha Moro, você não pode comandar investigação na qual está envolvido”, disparou a dirigente petista ao lembrar que o ex-juiz é alvo de constantes vazamentos em reportagens do site The Intercept Brasil.

LEIA TAMBÉM
Em defesa da competência da Justiça Eleitoral

Petroleiros entram com ação contra privatização da BR Distribuidora

Moro e editor do site Intercept batem boca

Para Greenwald, prisões confirmam autenticidade das mensagens

Gleisi denuncia que a polícia que o atual ministro da Justiça chefia “planta pra cima do PT”. Segundo ela, é a nova versão do “sequestro de Abilio Diniz” –em alusão ao sequestro do empresário do grupo Pão de Açúcar cujo crime foi relacionado ao PT e desmentido logo após eleições de 1989.

“Esse novo show midiático só comprova q suas conversas com [o procurador Deltan] Dallagnol são verdadeiras”, concluiu a parlamentar.