Petroleiros entram com ação contra privatização da BR Distribuidora

Compartilhe agora!

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) entrou com uma Ação Popular, com pedido de urgência na tramitação, contra a venda de ações e perda do controle majoritário da Petrobras sobre a BR Distribuidora, anunciada na terça-feira (23), pelo Conselho de Administração da empresa.

A ação, ajuizada nesta quarta-feira (24), é uma iniciativa da FUP em conjunto com Sindicatos de Petroleiros e do Sindicato dos Trabalhadores no Comercio de Minérios e Derivados de Petróleo do Estado do Rio de Janeiro (Sintramico).

LEIA TAMBÉM
Moro e editor do site Intercept batem boca

Para Greenwald, prisões confirmam autenticidade das mensagens

Estados Unidos assumem controle da distribuição combustíveis no Brasil

Bolsonaro, com hacker e tudo, vende ‘braço’ da Petrobras

Com a venda, a petroleira perde o controle acionário, passando a ter apenas 41,25% das ações e entrega a distribuição de gasolina e diesel no Brasil para bancos dos Estados Unidos.

A ação das entidades sindicais questiona a venda nos “princípios da legalidade, moralidade e eficiência, de matrizes constitucionais”. Alega também os prejuízos para o país, já que a privatização da BR Distribuidora “afeta de modo contundente o patrimônio e a coisa pública [de forma] praticamente irreversível ou de difícil reparação, com efeitos concretos extremamente deletérios à sociedade brasileira”

Compartilhe agora!