Por Esmael Morais

Moro fica no cargo até novembro, diz Elio Gaspari

Publicado em 09/06/2019

O jornalista Elio Gaspari, colunista da Folha, afirma que dificilmente o ministro Sérgio Moro continuará no cargo até novembro próximo.

Segundo o colunista, o ministro da Justiça está na frigideira porque seria pré-candidato a presidente em 2022.

Jair Bolsonaro (PSL) também quer continuar sentado na cadeira de presidente e ser o dono da caneta BIC.

LEIA TAMBÉM
Liberalismo nos olhos dos outros é refresco, segundo Paulo Guedes

“O ministro acha que sua esperteza é tamanha que pode ser contra e a favor de medidas apresentadas pelo Planalto”, escreve Gaspari, que então emenda: “Aparece onde não deve (em Lisboa) e não aparece onde deve (nas bolas divididas de Brasília).”

Para evitar a concorrência da Presidência, diz o colunista da Folha, Bolsonaro pensa mandar Moro para o exílio, isto é, o Supremo Tribunal Federal (STF).

“É provável que Moro seja mandado para o Supremo. A questão é saber se ele fica (ou aguenta ficar) no ministério até novembro do ano que vem, quando surgirá a primeira vaga.”