Por Esmael Morais

Senadores do PSL querem devolver Coaf para Sérgio Moro

Publicado em 23/05/2019

Major Olimpio A bancada do PSL no Senado vai tentar devolver o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Justiça, comandado por Sérgio Moro. Informa nesta quinta-feira (23) no G1, o jornalista Valdo Cruz.

“Vamos apresentar um destaque para manter com o Ministério da Justiça o Coaf, órgão importante no combate à corrupção”, disse o líder do PSL no Senado, Major Olímpio.

LEIA TAMBÉM:
Moro é derrotado na Câmara e perde Coaf

Na avaliação do líder do PSL no Senado, o resultado apertado da votação na Câmara (228 votos a 210) mostrou que os parlamentares começaram a mudar suas posições em relação ao tema nos últimos dias.

“E vai mudar mais ainda, principalmente com as redes sociais divulgando os nomes dos deputados que votaram para tirar o Coaf do ministro Sergio Moro”, afirmou o senador.

“Eles achavam que iriam ganhar com folga, e a diferença foi de apenas 18 votos. Se aprovarmos aqui no Senado a volta do Coaf para a Justiça, uma segunda votação na Câmara pode ter um outro resultado por causa da repercussão nas redes sociais”, completou.

Caso os senadores aprovem mudanças no texto que foi aprovado pela Câmara, ele terá de ser submetido a nova votação naquela Casa.

A votação da Medida Provisória 870 no Senado, que reestrutura os ministérios no governo de Jair Bolosonaro (PSL), está prevista para acontecer na próxima terça-feira (28).