Um ano depois, Gilmar Mendes acha que prisão de Lula foi precipitada

Publicado em 22 abril, 2019
Compartilhe agora!

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou que a prisão de Lula foi precipitada. “Tenho a impressão de que deveríamos ter esperado uma decisão definitiva, não a decisão de segundo grau”, disse.

LEIA TAMBÉM: Leia a carta de Dom Angélico a Lula

“Temos que aferir isso no processo. Não me consta que isso foi discutido no processo. Temos que examinar com todo cuidado. A questão será examinada pelo STJ e, depois, pelo STF, quando for pertinente.”

A declaração foi dada em Portugal onde o ministro promove um seminário jurídico.

LEIA TAMBÉM: STJ poderá soltar Lula na próxima terça-feira

Com informações do Antagonista.

Compartilhe agora!