Marco Aurélio diz ter dúvida seríssima sobre crimes atribuídos a Lula no caso tríplex

Publicado em 24 abril, 2019
Compartilhe agora!

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta quarta-feira (24) ter “dúvida seríssima” sobre os crimes pelos quais foi condenado o ex-presidente Lula (PT) no caso do tríplex do Guarujá.

LEIA TAMBÉM:
Procuradoria diz que Moro extrapolou competência ao autorizar Força Nacional na Esplanada

“Eu tenho uma dúvida seríssima quanto aos dois crimes. Aí está em discussão. Houve apenas a corrupção ou houve corrupção e lavagem”, disse Marco Aurélio à jornalistas.

O ministro ressaltou que suas afirmações não representam uma manifestação jurídica sobre o processo do ex-presidente, pois ele não deverá participar do julgamento dos recursos de Lula ao Supremo.

“O que eu falo, eu tenho dúvidas, não estou me manifestando porque eu nem vou julgar o caso, dúvidas quanto aos dois tipos, a corrupção e a lavagem. Teria havido um procedimento do presidente visando dar ao que ele ‘recebeu’ via corrupção a aparência de algo legítimo? A lavagem pressupõe (isso)”, comentou Marco Aurélio.

Cabe à Segunda Turma do STF julgar casos relacionados à Operação Lava Jato – o ministro integra a Primeira Turma.

Ontem (23), a Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ)confirmou a condenação do ex-presidente Lula por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá, mas reduziu sua pena para 8 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão.

Com informações do Estadão

Compartilhe agora!