Bolsonaro vai fatiar a reforma da previdência para ‘não matar o véio’ de uma vez só

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) é sujeito que não se pode levar a sério mesmo. Depois de jurar que não ‘mataria os idosos‘ pela reforma da previdência, agora anuncia a maldade em doses homeopáticas, isto é, o ‘Coiso’ pretende fatiar o fim da aposentadoria para não ‘matar o véio’ de uma vez só.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro quer aprofundamento da reforma trabalhista

O presidente eleito disse que a reforma da previdência em seu governo poderá ser aprovada em diferentes fases. Segundo ele, há uma “forte tendência” de começar a votação pela idade mínima. “É menos difícil de aprovar”, afirmou.

“Não adianta você ter uma proposta ideal que vai ficar na Câmara ou no Senado. Acho que o prejuízo será muito grande. Então, a ideia é por aí, começar pela idade, atacar os privilégios e tocar essa pauta pra frente. [O déficit da] previdência realmente é uma realidade. Cresce ano após ano, e não podemos deixar o Brasil chegar a uma situação como a da Grécia para tomar providência”, disse.

Ele falou que deverá manter a proposta do atual governo [Michel Temer], que é a de uma idade mínima para a aposentadoria de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Bolsonaro é uma piada. De muito mau gosto.

Com informações da Agência Brasil

Comentários encerrados.