Moro muda de ideia sobre prática de caixa 2; assista

A “boquinha” de “superministro” no futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL) fez o juiz Sérgio Moro mudar a ideia que tinha sobre a prática de caixa 2 nas campanhas eleitorais.

LEIA TAMBÉM:
Moro tirou a máscara, diz El país

Em 2017, em uma palestra na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, Sérgio Moro afirmou que a prática de caixa 2 nas eleições é um “crime contra a democracia”.

“Temos que falar a verdade, a Caixa 2 nas eleições é trapaça, é um crime contra a democracia”, disse Moro na ocasião.

Ao ser questionado na coletiva de imprensa, que aconteceu ontem (6) em Curitiba, sobre futuro colega de ministério Ônix Lorenzoni (DEM-RS), que admitiu ter recebido da JBS uns “caraminguás” para sua campanha eleitoral por meio de caixa 2, Moro deixou de lado suas convicções e afirmou sentir “grande admiração” pelo político, e considerou que ele “assumiu seus erros” e se desculpou.

Como podemos notar, a “boquinha” no futuro governo fez amolecer o coração do juiz.

Assista ao vídeo:

Comentários encerrados.