Bolsonaro executado pela mídia

A velha mídia golpista tenta transformar Jair Bolsonaro (PSL) em seu Robspierre, executando-o, guilhotinando-o em público, após o serviço sujo prestado, e abrir espaço para o tucano Geraldo Alckmin — o candidato da burguesia paulistana.

O script chega a ser irônico porque Bolsonaro é do tipo que defende a pena de morte com execução sumária e, poeticamente, ele está sendo vítima do sistema que sustenta para adversários de esquerda.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro estaciona em 28%; Haddad sobe mais 5% em pesquisa

A baixaria inaugurada pela Folha e Veja nas últimas horas segue o padrão mafioso dos jornalões, qual seja, denuncia, acusa, julga e executa a sentença contra seus adversários políticos.

A preferência dos barões da mídia, como já foi dito aqui antes, é por Alckmin, mais confiável aos objetivos dos golpistas. A dúvida é se ainda dá tempo para tirar Bolsonaro do 2º turno.

Em 2014, a mesma mídia bombardeou Marina Silva para trocá-la por Aécio Neves. Deu no que deu.