Bolsonaro perde o ‘vice’ general e vê tempo de TV diminuir para 8 segundos

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) não terá mais o general Augusto Heleno (PRP) como vice e, consequentemente, perderá quatro preciosos segundos no horário eleitoral no rádio e na TV.

Juntos, PSL e PRP somariam 12 segundos na propaganda eleitoral. Sem a coligação, Bolsonaro contará com apenas 8 segundos. A título de comparação, na eleição de 1989, o então folclórico candidato do PRONA Enéas Carneiro dispunha de 15 segundos. Terminou a disputa em 12º lugar, dentre os 21 que concorreram à Presidência da República.

Sem o PR e sem o PRP, Bolsonaro deverá recorrer aos quadros do próprio PSL. Neste cenário de isolamento político, restará ao ex-capitão do Exército convocar a advogada Janaina Paschoal para a vice.

Quanto ao general Augusto Heleno, o PRP resolveu lançá-lo ao Senado pelo Distrito Federal. O partido decidiu que é melhor um pássaro na mão que dois voando…

Comentários encerrados.