‘Meu nome é Bolsonaro’; candidato pode repetir fiasco de Enéas

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) anunciou o general Augusto Heleno (PRP) como vice na sua chapa. Juntos, os militares terão apenas 12 segundos no horário eleitoral.

Em 1989, pelo PRONA, Enéas Carneiro (1938-2007) tinha somente quinze segundos no horário eleitoral — três a mais que Bolsonaro — e ficou conhecido pela fala rápida na TV e o bordão “meu nome é Enéas”. Na época, o candidato obteve 360 mil votos e ficou na 12ª posição entre os 21 que disputaram a Presidência da República.

Sem alianças consistentes e sem tempo no horário eleitoral, Jair Bolsonaro terá muita dificuldade para combater narrativas de blocos políticos liderados pelo PT, PDT e PSDB.

As mídias sociais podem ser insuficientes para levar o ex-capitão do Exército para o segundo turno.

Comentários encerrados.