Moro abriu mão de julgar tucanos, diz PT

O juiz poderá declarar-se “incompetente” para julgar em várias hipóteses, mas Sérgio Moro alegou “sobrecarga de trabalho” para abrir mão de sentenciar tucanos envolvidos nos escândalos do pedágio no Paraná.

LEIA MAIS
Pela 1ª vez, Sérgio Moro reconhece ser incompetente para julgar na lava jato

Para os petistas, ‘tucano não come tucano’ assim como ‘corvo não come corvo’.

“Por que Moro não julga tucanos?”, questiona um dos memes do PT, que é respondido pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) presidenta nacional da legenda: “Porque será, né?! A lei é para todos e a justiça é imparcial, dizem eles. Sei!”

Os petistas veem como desculpa esfarrapada a justificativa de “excesso de trabalho” para Moro não julgar tucanos, haja vista que o magistrado ficou mais de 40 dias viajando mundo afora para jantares chiques e premiações dadas por brasileiros.

“Tucano não come tucano”, repetem dirigentes e militantes do PT ao se referirem ao juiz da lava jato.

Comentários encerrados.