13 de junho de 2018
por esmael
Comente agora

Moro abriu mão de julgar tucanos, diz PT

O juiz poderá declarar-se “incompetente” para julgar em várias hipóteses, mas Sérgio Moro alegou “sobrecarga de trabalho” para abrir mão de sentenciar tucanos envolvidos nos escândalos do pedágio no Paraná. Leia mais

12 de junho de 2018
por esmael
Comente agora

Pela 1ª vez, Sérgio Moro reconhece ser incompetente para julgar na lava jato

Nunca antes na história o juiz Sérgio Moro tinha reconhecido que era incompetente para julgar um caso na lava jato. Entretanto, nesta semana do Dia dos Namorados, o magistrado “quebrou a escrita” — para usar um termo do futebol — ao abrir mão de julgar tucanos envolvidos no escândalo do pedágio no Paraná. Leia mais

23 de setembro de 2014
por esmael
39 Comentários

Gleisi mostra vídeo em que àlvaro chama Richa de incompetente! e desonesto!; assista

"O Paraná vai mal. A impressão que fica é que quem se elegeu em 2010 [Beto Richa] não tomou posse até hoje. O Paraná não pode ser submetido à  incompetência e à  desonestidade, não pode. E não é porque eu sou do mesmo partido do governador que eu vou ficar calado", afirma o senador àlvaro Dias.

“O Paraná vai mal. A impressão que fica é que quem se elegeu em 2010 [Beto Richa] não tomou posse até hoje. O Paraná não pode ser submetido à  incompetência e à  desonestidade, não pode. E não é porque eu sou do mesmo partido do governador que eu vou ficar calado”, afirma o senador àlvaro Dias.

A senadora Gleisi Hoffmann, candidata do PT ao governo do Paraná, nesta terça-feira (23), publicou nas redes sociais um comercial em que o senador àlvaro Dias, do PSDB, esculhamba o governador Beto Richa, também do PSDB. Leia mais

24 de novembro de 2013
por esmael
29 Comentários

João Arruda ataca Richa: “Governo da mentira e da cara de pau”

por João Arruda*

A Gazeta do Povo publicou neste domingo (24) uma matéria que mostra a realidade orçamentária do governo do Paraná. O governo superou o limite em gastos com pessoal e isso foi registrado nos dois primeiros quadrimestres de 2013.

Na semana passada todos nós ficamos chocados com a reportagem do Jornal da Globo, que mostrava viaturas e obras paradas por falta de pagamento, por parte do governo do estado.

As empresas que fazem a manutenção de viaturas não recebem há 3 meses, os policiais estão sem receber as suas diárias por conta de deslocamento necessário para o interior, e seus telefones foram cortados. Enquanto isso, famílias estão sendo ameaçadas todos os dias por criminosos incentivados pela má gestão do governo.

Obras importantes em todos os cantos do estado, como o Centro Cirúrgico da Universidade Estadual de Maringá e o Hospital Regional de Telêmaco Borba estão paradas!

A saúde não dá nem sinais de uma proposta concreta de trabalho e a única coisa que assistimos é um secretário “Zangado” inaugurando obras pela metade ao lado do governador no interior.

O governo admite que não tem dinheiro, mas convoca prefeitos quase que todos os dias para assinar protocolos, tirar fotografias e anunciar obras que nunca acontecerão, isso quando o governador não vai pessoalmente ao interior anunciar milhões, constrangendo prefeitos e lideranças.

Ninguém acredita mais nas mentiras e a não execução das obras ficará na conta dos prefeitos perante a população.

A educação está abandonada! Não existe valorização do professor e os investimentos nas universidades estaduais foram transferidos para a TV Educativa, que, aliás, foi terceirizada e não produz, apenas reproduz.

Terceirizações! Indiretas na Copel e Celepar e aumento do capital de sócios privados na Sanepar. Com a privatização da Sanepar corremos o risco de perdermos investimentos do governo federal de acordo com parecer do Tribunal de Contas da União. O ministro é claro em dizer que o poder público não pode investir em empresas que distribuam dividendos para sócios privados.

Não posso ser injusto e criticar tudo, pois aprendi na vida pública que o compromisso com a verdade está acima de qualquer ação ou movimento.

A política de comunicação e publicidade é exemplar! O governador aumentou os investimentos em publicidade e nesse setor não existe atraso nos pagamentos. Propaganda na TV, encartes publicitários em jornais e revistas nacionais, além de placas espalhadas pelo interior anunciando obras do governo federal como se fossem obras do governo do estado.

O sucesso do governo do estado é o sucesso do governo federal, como por exemplo, o anuncio de casas populares construídas através do programa minha casa, minha vida. Em relação à  habitação existe até um excesso de cara de pau!

Confesso que não imaginava que essa administração seria tão ruim e irresponsável. O governo do dialogo, só dialoga com partidos e deputados, através de um processo fisiológico de cooptação com cargos e pequenos favores, desde o primeiro dia de mandato. Só pensa na reeleição.

Mas o pior é que tem gente do meu partido que pensa em fazer uma aliança com tudo isso na próxima eleição. Fazer uma aliança com o PSDB é aprovar a gestão incompetente do atual governo!

Será esse o estado que estamos preparando para os nossos filhos e netos?

*João Arruda é deputado federal pelo PMDB do Paraná.