Lula Livre: Centrais sindicais iniciam preparação do 1° de Maio em Curitiba

| Comente agora

O Fórum das centrais sindicais reunido em São Paulo nesta quinta-feira (12) aprovou as medidas de preparação do 1° de Maio unificado em Curitiba pela liberdade do ex-presidente Lula, preso político encarcerado na sede da Polícia Federal na capital paranaense.

Participaram da reunião desta quinta a Central única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), Força Sindical, Nova Central Sindical dos Trabalhadores (NCST), União Geral dos Trabalhadores (UGT) e Intersindical.

No dia 18, em Curitiba, os dirigentes sindicais pretendem visitar Lula e realizarão uma série de reuniões preparatórias para o dia do Trabalhador na cidade. “2018 se coloca como um ano histórico para a luta política nacional e este 1º de Maio ganha um simbolismo diferenciado pelas questões em jogo nesta etapa da luta”, apontaram os sindicalistas reunidos no Fórum.

Além disso, foram definidas as bandeiras de luta para o inédito 1° de Maio em Curitiba, com centro na luta em defesa da estrutura sindical, dos direitos trabalhistas ameaçados e a retomada do emprego e da produção.