TSE coloca Globo no “caldeirão” do Huck

A TV Globo e o dublê de apresentador e candidato da emissora Luciano Huck foram intimados nesta quinta (1º) pelo TSE, que atendeu a uma representação da bancada do PT no Congresso Nacional por campanha eleitoral antecipada.

O ministro do TSE Napoleão Nunes Maia Filho assim despachou: “…cumpre determinar, o que ora faço, sejam as partes Representadas regularmente intimadas para manifestarem-se no prazo de 5 (cinco) dias”.

O plano diabólico da Globo foi executado no início deste ano, quando Huck foi relançado à Presidência da República participando do programa Domingão do Faustão. Uma oportunidade que os demais candidatos não tiveram numa emissora que é concessão pública.

Huck havia jogado a toalha em novembro último, mas na virada de 2018 ele pediu para que fosse mantido nas sondagens eleitorais após conversas com o Ibope.

A Globo bem que tentou driblar a Justiça dizendo que a participação de seu candidato fora gravada, antes da vigência da lei eleitoral para 2018. No entanto, a trapaça foi descoberta em poucas horas.

Para o jornalista Ricardo Cappelli, em sua coluna no Blog do Esmael, a Globo saiu na frente na pesquisa do Datafolha divulgada nesta quarta (31), que, “mesmo não sendo candidato”, apareceu empatado com o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB).

Com informações do portal 247

Comentários encerrados.