Lava Jato agora pega José Serra, que recebeu R$ 23 milhões de propina da Odebrecht

odebrecht_serra_temerO ministro interino das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), teria recebido R$ 23 milhões em propina da Odebrecht para a campanha presidencial de 2010.

Os procuradores da força-tarefa Lava Jato e da Procuradoria Geral da República tiveram essa informação de funcionários da empreiteira, que tenta acordo de delação premiada.

O senador Roberto Requião (PMDB-PR), pelo Twitter, disse neste domingo (7) que o envolvimento de Serra com propina é mais uma inequívoca prova da necessidade de uma “limpeza” por meio da antecipação da eleição presidencial.

“Como viram pela última manchete da Folha o chanceler é alvo de pesada denúncia. Plebiscito. Povo no comando da limpeza”, afirmou o peemedebista.

Ontem (6) também veio à tona mais uma denúncia de propina de R$ 10 milhões para o interino Michel Temer (PMDB). Ele já havia sido denunciado pela PGR no começo de julho por ter embolsado R$ 5 milhões da OAS.

Com informações da Folha de S. Paulo

Comentários encerrados.