‘Judiciário especula no mercado financeiro’, denuncia governo Richa

Segundo levantamento do tesouro do governo Beto Richa (PSDB), o Tribunal de Justiça tem quase R$ 1 bilhão aplicados em especulação financeira; o Ministério Público do Paraná (MP) tem R$ 109 milhões em capital vadio; e o Tribunal Faz de Contas (TCE) outros R$ 101 milhões.

Segundo levantamento do tesouro do governo Beto Richa (PSDB), o Tribunal de Justiça tem quase R$ 1 bilhão aplicados em especulação financeira; o Ministério Público do Paraná (MP) tem R$ 109 milhões em capital vadio; e o Tribunal Faz de Contas (TCE) outros R$ 101 milhões.

O governo Beto Richa (PSDB) foi à televisão, nesta quarta-feira (23), para justificar o por que do corte de R$ 100 milhões no orçamento do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), que estavam previstos para este mês de dezembro.

Segundo o secretário de Estado da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, o judiciário tem utilizado sobras orçamentárias para especular no mercado financeiro em detrimento da sociedade paranaense.

“Nós temos dificuldades enormes no Poder Executivo e temos visto aí algumas ‘ilhas de prosperidade’, esbanjando recursos públicos e com significativos recursos em caixa ou aplicados no mercado financeiro, em detrimento da população do estado do Paraná”, atacou o secretário, que age como alter ego de Beto Richa.

Para o deputado federal João Arruda (PMDB), coordenador da bancada paranaense no Congresso Nacional, a forma como o secretário de Richa denunciou esse caso é despeitosa com o judiciário paranaense. “Ele é um forasteiro que desrespeita nossas instituições locais”.

Segundo levantamento do tesouro do governo do estado, o Tribunal de Justiça tem quase R$ 1 bilhão aplicados em especulação; o Ministério Público do Paraná (MP) tem R$ 109 milhões em capital vadio; e o Tribunal Faz de Contas (TCE) outros R$ 101 milhões.

O presidente do TJPR, desembargador Paulo Roberto Vasconcelos, negou que o tribunal faça especulação bilionária no mercado financeiro, mas não convenceu o secretário de Richa, que reafirmou a denúncia que fez na TV contra o judiciário.

A seguir, assista ao vídeo com reportagem de Malu Mazza e Fernando Parracho na RPCTV:

23 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Será que essa crise no país vai passar ano que vem?

  2. Com a devida vênia, deputado Arruda, não entendi a
    sua solidariedade a esse judiciário mercenário do
    Paraná.
    O fato do Mauro Ricardo ser forasteiro, NÃO lhe tira
    o direito de falar de forma “despeitosa” sobre o
    nosso judiciário canhestro, que transforma o
    dinheiro público em capital vadio.
    Se o judiciário do Paraná quer ser respeitado,
    então que se dê o respeito.
    Repito deputado Arruda: estranhei muito essa sua
    solidariedade, ela está muito mal colocada.

  3. Se for verdade, e parece que é, nesse caso o Richa e seu Secretário estão certos. Pô meu, entidade pública fazer especulação financeira? Essa não! Tá certo, corta a grana dessa gente.

  4. BOLHAS DA PROPERIDADES….. (X)…..DEJETOS DA MISÉRIA. Dentro do ordenamento tributário é previsto essa prática, ou isso é crime de usura?
    Enquanto isso, policiais, civis, militares,bombeiros, delegados estão sendo obrigados a trabalhar na operação verão em troca de 70 reais por dia. Já juízes, promotores, defensores públicos receberão 1.300,00 reais pelo mesmo dia. ETA BETO LIXO…ETA SINDICATOS PELEGOS….ETA CHEFES DESSAS POLICIAS……

  5. judiciario vs tucanos, as cascaveis estão se picando!

  6. Quem está mentindo? façam suas apostas!

  7. Mas não foi o Beto Hitler e o forasteiro que deram aumento salarial para eles para terem razão pra descer o sarrafo nos professores? Com o aval do judiciário?

  8. O governador está nervosinho com o poder judiciário porque seus amigos e doadores de sua campanha não estão sendo poupados pelo judiciário quando são descobertos praticando malfeitos. O governador pensa que é dono de uma capitania hereditária.

  9. Na realidade, diante do repto lançado pelo presidente do tribunal de justiça ao secretário interventor governamental, não há lugar para um deles nos escaninhos dos poderes públicos do Estado. Ou será que como mais fato para os anais da triste história recente do Paraná, veremos os dois com a razão? Façam-nos um favor, depois de virem a público, se acusarem ponham-se a carapuça de que a sociedade não aguenta mais tanto desmando com o dinheiro público.

  10. O Governador raspa de todos os lados para cumprir com seus compromissos, no entanto, muitos não gostando da forma em que age, com certo autoritarismo, concordamos que não pode penalizar só algumas classes, todas devem dar a sua contribuição, por que esses demais teriam que ser diferentes, esta certo o governador, se há dinheiro sobrando, utilizado demasiadamente em situações desnecessárias, tem mais que remanejar mesmo.

  11. NÃO SOU ELEITOR DO BETO RICHA MAS CONCORDO COM O COMENTARIO DO ANTI MORDOMIAS ! O MAURO RICARDO FALOU TUDO ! JUSTIÇA DO PARANÁ UMA VERGONHA.

  12. Desculpa Esmael, mas devemos ser honestos não tenho a menor compaixão com o Mauro Ricardo Costa, mas ele está certo se o TJPR faz espelução com dinheiro público e está comprovado como todos vimos, tem que ser cortado esses repasses e destinados ao povo que é de direito, sacanagem esse João Arruda chamar o cara de forasteiro, maior tiro do pé, apoiando a corrupção dentro de um orgão público. João Arruda acorda você tá aí só porque é sobrinho do Requião.

  13. CORRETO O SECRETARIO POIS FALOU TODA A VERDADE. VÁ NO PORTAL DA TRANSPARENCIA DO TJPR OU MPPR E PROCURE O SALARIO DE UM SERVIDOR ESPECIFICO DUVIDO VOCE ACHAR, POIS É A TRANSPARENCIA COMO ELES QUEREM, NAO É COMO NO SITE DO GOVERNO ONDE VOCE COLOCA O NOME E JA APARECE TUDO. ESSES SERVIDORES DO TJ E DO MP SAO UNS FOLGADOS, TRABALHAM DAS 12HS AS 19HS, TRATAM MAL O POVO, GANHAM MUITO BEM, TEM AUXILIO PENDURICALHO DE TODOS OS LADOS, E OS JUIZES CONTAM COM AUXILIO MORADIA QUE NOS NEM SABEMOS QUANTO É POIS, COMO JA DITO, A TRANSPARENCIA DELES É MÍNIMA. ALEM DISSO OS JUIZES TEM 2 MESES DE FERIAS POR ANO, RECEBERAM AUXILIO MORADIA RETROATIVO, CHEGAM A HORA QUE QUER NOS FÓRUNS E NAO RECEBEM ADVOGADOS OU PARTES, TEM INCONTÁVEIS ASSESSORES-CARGOS COMISSIONADOS QUE GANHAM MAIS DE 5 MIL CADA UM PARA NAO FAZER NADA, POIS É DE CONHECIMENTO NOTORIO QUE A (IN)JUSTICA É LENTA E DEMORADA. ISSO SEM FALAR QUE A CADA FERIADO EMENDAM UNS 10 DIAS EM CONJUNTO, AGORA POR EXEMPLO, ENQUANTOS OS SERVIDORES DO ESTADOS VOLTAM DIA 4, SENDO QUE SÓ FOLGAM A PARTIR DE AMANHA, OS SERVIDORES DO TJ JA ESTAO FOLGADOS DESDE O DIA 18 E SÓ VOLTAM DIA 6 AO MEIO DIA. ISSO É CERTO???? NAO SOU PUXA-SACO, E SOU INCLUSIVE ANTI GOVERNO BETO RICHA, MAS O QUE O SECRETARIO FALOU É A PURA VERDADE, E QUERO VER ALGUEM DIZER QUE NAO É!!! PARABENS PELA FALA SR. SECRETARIO, DEVE-SE SIM ACABAR COM AS MORDOMIAS DO TJ E DO MP.

  14. Então, agora o povo sabe da verdade, como vão resolver esse impasse?
    Os servidores ficaram sem reajuste, num anos de crise. Conseguem entender a situação real dos servidores, eqto outros estão com $ aplicado?

    ESPERAMOS QUE CONSERTEM ISSO, URGENTE!

    O POVO TÁ CANSADO DE TER QUE ARCAR COM TUDO, AUMENTOS DE IMPOSTOS, IPVA, ENERGIA, ICMS, SEM REAJUSTE DE SALÁRIOS!

    VAMOS EQUALIZAR!

  15. Enfim uma noticias boa, vai pra cima secretário. Não é justo.è tudo corrupto não tem santo nesses poderes

    • Santo deve ser seu patrão playboy que na radio falou que as finanças estava saneadas só pode agora corre para todo canto para poder pagar os servidores

  16. Acho que tem que ser apurado a realidade disto. Se for verdade é uma situação grave. O dinheiro originário dos impostos é do povo,todos nós, e não pertence a nenhum poder.

  17. Quem que não deixa dinheiro aplicado?? quanta cara de pau governador mascarado mascara sua incompetência com tudo, veio nas rádios dizer que estava tudo certo as finanças estavam equilibradas agora poe a culpa no judiciário como sempre para justificar que não tem dinheiro para pagar o 13 do funcionalismo que nojo da vontade de vomitar

  18. Considerando que a informação do Secretário Mauro, o mínimo que se pode dizer: É UMA VERGONHA! É UMA VERGONHA! É UMA VERGONHA!, principalmente ao se tratar de entidades que devem primar pela JUSTIÇA. O povo deve exigir transparência. Mas é simples: basta que o poder executivo diminua os repasses ao poder judiciário, ministério público, tribunal de contas e assembléia legislativa. Se no meio de tanto sacrifício há essas ilhas afortunadas, nada mais justo que sejam desfeita tal situação. E ainda falam em Democracia?????????????????