Coluna do Requião Filho: Feliz Ano Novo, sem surra em professor e menos maldade de Richa

2016

Em sua última coluna de 2015, o deputado estadual Requião Filho (PMDB) deseja que o próximo ano seja melhor. Ele deseja que em 2016 o governador Beto Richa (PMDB) não mande a Polícia Militar bater nos professores, não desvie dinheiro da Receita Estadual, não desvie dinheiro da construção das escolas públicas do Paraná, e faça menos propaganda. Leia, ouça, comente e compartilhe.

Download áudio

Requião Filho*

Acabou o ano! Gostaria de escrever uma coluna apenas com desejos de boas festas, feliz ano novo, sucesso paz e saúde… Mas é impossível escrever a última coluna do ano sem fazer uma pequena retrospectiva.

2015 foi um ano excepcional para o Paraná. Excepcionalmente triste, excepcionalmente violento, excepcionalmente recheado de escândalos de um governo corrupto: o governo estadual.

Portanto desejo ao Paraná e aos paranaenses que 2016 não tenha surra nos professores, não tenha dinheiro desviado da receita para caixa dois de campanha, não tenha dinheiro desviado construção das escolas públicas do Paraná, que tenha menos propaganda e mais realidade.

2016 pode ser um ano de mudanças, se tivermos coragem para mudar o cenário político. Poderíamos assim sonhar com um Paraná no caminho correto, no caminho do trabalho no caminho da seriedade. Quem sabe ter novamente um estado que seja respeitado e levado a sério. 2016 podemos tirar o Paraná das páginas policiais. Basta termos memória e termos desconfiômetro na hora do voto em 2016.

Quero desejar os professores um ano novo, um ano muito novo! Que o futuro não tenha mais massacres. Que o porvir não tenha o corte de direitos e conquistas históricas. Que os novos tempos tragam aos professores o velho respeito e admiração de outros tempos. O verdadeiro carinho que eles merecem.

Que o 2016 dos nossos policiais seja um novo ano. Um ano com novos coletes balísticos, um ano com novas viaturas, ou bastaria talvez viaturas em condições de uso. Ao menos um ano com condições de trabalho. Que os nossos policiais tenham novamente O respeito de nossa população por fazer o seu trabalho bem feito e não a raiva provocada por cumprir ordens absurdas de um governador abusado que não gosta de polícia.

Para os nossos comerciantes e empresários desejo um ano sem um arrocho fiscal, sem o ataque de um governador desesperado para fazer caixa para cobrir o rombo de sua péssima administração. Que 2016 comece com pessoas que querem ver o comércio paranaense crescer expandir e não pessoas que pensam de uma maneira pequena querendo tirar através de impostos e tarifas todo o lucro dos nosso empresários e comerciantes.

Para o povo paranaense desejo um 2016 sem nenhum pacote de maldades, com mais transparência por parte dos três poderes, um 2016 um pouco mais sério e mais feliz. Desejo um 2016 sem aumentos de água e luz. Um 2016 voltado para aqueles que precisam de governo de viver com mais segurança, mais escola, mais saúde…

Enfim um 2016 impossível, pelo menos aqui no Paraná, é o meu desejo. Seria um 2016 com governo, com um governo sério!

*Requião Filho é advogado, deputado estadual pelo PMDB, vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa do Paraná, especialista em políticas públicas.

Comentários encerrados.