Beto Richa fecha escolas no Paraná; moradores de Irati vão às ruas para salvar um colégio histórico

Publicado em 22 setembro, 2015
Compartilhe agora!

colsvpOs moradores de Irati, município com cerca de 60 mil habitantes na região Centro-Sul do Paraná, estão se mobilizando na tentativa de salvar um grande patrimônio local, que é o Colégio Estadual São Vicente de Paulo. Eles vão às ruas nesta quarta-feira (23) pela manhã em defesa da instituição.

O prédio histórico construído há 90 anos é de propriedade da Igreja Católica e o plano do governador Beto Richa (PSDB) é se desfazer da instituição para economizar com o aluguel. Os alunos deverão ser distribuídos por outras escolas da região.

Durante o governo Roberto Requião (2003-2010), o estado tentou adquirir o prédio, mas a Igreja não quis vender o imóvel. Agora, os moradores de Irati se veem na iminência de perderem um dos seus maiores patrimônios, pois dentro do Colégio São Vicente está guardada uma parte importante da história da cidade.

O colégio que nasceu como convento já abrigou cursos de magistério, técnico em contabilidade, patologia clínica, além dos ensinos fundamental, médio e de línguas. Nele se formaram personalidades como a atriz Denise Stoklos e o atual prefeito da cidade, Odilon Burgath (PT), entre tantos outros.

O prédio ainda não é tombado pelo Patrimônio Histórico o que leva a comunidade escolar a temer que ele seja destruído ou vá à ruína se nada for feito pelo poder público.

Serviço: Manifestação em Defesa do Colégio São Vicente de Paulo
Saída: Em frente ao Colégio às 8h30 desta quarta-feira, 23/09

Compartilhe agora!

Comments are closed.