58% dos brasileiros são contra privatizar a Petrobras, diz pesquisa

Em pesquisa inédita, eleitores atribuem corrupção na Petrobras à falta de controle de órgãos de fiscalização; 58% dos brasileiros defendem o monopólio estatal do petróleo; abaixo, leia a íntegra do relatório da pesquisa mais completa já realizada no país sobre a operação Lava Jato.

Em pesquisa inédita, eleitores atribuem corrupção na Petrobras à falta de controle de órgãos de fiscalização; 58% dos brasileiros defendem o monopólio estatal do petróleo; abaixo, leia a íntegra do relatório da pesquisa mais completa já realizada no país sobre a operação Lava Jato.

Sob ataque cotidiano há mais de um ano e meio, mesmo período de existência da operação Lava Jato, a maioria absoluta dos brasileiros é contra a privatização da Petrobras.

De acordo com levantamento inédito da Paraná Pesquisas, 58,3% são contra a venda de ativos da estatal de petróleo e apenas 35,8% apoiariam a transferência da energética para o controle privado.

Para 66,3% dos entrevistados pelo instituto, o ex-presidente Lula não será preso em virtude das investigações em curso.

A mais completa sondagem já realizada no país sobre a Lava Jato também revela quem, aos olhos dos eleitores, são os verdadeiros responsáveis pela corrupção na Petrobras: falta de fiscalização dos tribunais de controle (42,9%); governo (26,1%); partidos políticos (13,3%); diretores da estatal (4,4%); empreiteiros (3,2%); e parlamentares (2,7%).

A Paraná Pesquisas entrevistou 2.060 eleitores maiores de 16 anos em 154 municípios brasileiros, distribuídos em 23 estados, entre os dias 24 e 27 de agosto. A margem de erro é de 2%.

A seguir, leia a íntegra da pesquisa sobre a Lava Jato:

http://www.esmaelmorais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/BrasilAgo15_LavaJato.pdf

Comentários encerrados.