Eduardo Campos pode ter sofrido desastre aéreo em Santos

via Brasil 247

Avião cai na área urbana de Santos, no litoral paulista; candidato do PSB era esperado para compromisso no Guarujá; Eduardo Campos estava no Rio de Janeiro ontem, de onde o aparelho decolou; assessores já afirmam, à s 12h19, que avião era o mesmo em que Campos deveria estar; no litoral paulista, candidato a vice-governador, Marcio França, que esperava o presidenciável, afirmou que ter feito último contato com ele à s 9 horas da manhã; perícia já verifica área atingida por queda da aeronave; dúvida é sobre simples atraso ou tragédia na eleição presidencial; Rede Globo informa que aparelho era um Cesna monomotor, mas Aeronáutica fala em jato particular; FAB informa que aeronave saíra do aeroporto Santos Dumont para Base Aérea do Guarujá; dez pessoas feridas teriam sido atendidas; à s 12h16 não havia informações oficiais sobre nomes dos passageiros.

Avião cai na área urbana de Santos, no litoral paulista; candidato do PSB era esperado para compromisso no Guarujá; Eduardo Campos estava no Rio de Janeiro ontem, de onde o aparelho decolou; assessores já afirmam, à s 12h19, que avião era o mesmo em que Campos deveria estar; no litoral paulista, candidato a vice-governador, Marcio França, que esperava o presidenciável, afirmou que ter feito último contato com ele à s 9 horas da manhã; perícia já verifica área atingida por queda da aeronave; dúvida é sobre simples atraso ou tragédia na eleição presidencial; Rede Globo informa que aparelho era um Cesna monomotor, mas Aeronáutica fala em jato particular; FAB informa que aeronave saíra do aeroporto Santos Dumont para Base Aérea do Guarujá; dez pessoas feridas teriam sido atendidas; à s 12h16 não havia informações oficiais sobre nomes dos passageiros.

O comando da campanha do PSB suspeitava, à s 12h07, que o candidato Eduardo Campos pudesse estar envolvido no acidente aéreo registrado na manhã desta quarta-feira 13 na área urbana de Santos, no litoral de São Paulo.

Uma aeronave caiu em uma casa na cidade litorânea por volta das 10h e feriu ao menos dez pessoas. A aeronáutica confirmou que a aeronave era um jato particular, que saiu do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e voava rumo ao Guarujá.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), cancelou a agenda na capital por conta do acidente e voou para Santos. A suspeita é de que a causa do acidente tenha sido o mau tempo.

Comentários encerrados.