PSTU indica seus candidatos no Paraná

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) irá definir seus candidatos para as eleições de outubro hoje, em convenção no Colégio Estadual Professor Cleto, Curitiba. No plano nacional o PSTU repete a candidatura de Zé Maria, já definida em convecção na semana passada. No Paraná, o partido deverá apresentar Rodrigo Tomazini como candidato ao governo do Estado.

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) irá definir seus candidatos para as eleições de outubro hoje, em convenção no Colégio Estadual Professor Cleto, Curitiba. No plano nacional o PSTU repete a candidatura de Zé Maria, já definida em convenção na semana passada. No Paraná, o partido deverá apresentar Rodrigo Tomazini como candidato ao governo do Estado.

Neste sábado, 21, ocorrerá em Curitiba a Convenção Estadual do PSTU que irá indicar os nomes que concorrerão à s Eleições de 2014 pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) no Paraná. Dentre os presentes estará Rodrigo Tomazini, funcionário da Rede Estadual de Educação na região de Maringá, que até o momento foi indicado como pré-candidato ao governo estadual.

A convenção ocorrerá no Colégio Estadual Professor Cleto, localizado na Rua Visconde de Nácar, 544 Centro, Curitiba-PR. A partir das 16 horas, ocorrerá uma coletiva de imprensa e o lançamento público das candidaturas que representarão o PSTU neste pleito.

Serviço: Convenção Estadual do PSTU – Paraná
Data: 21/06/2014, sábado
Coletiva de Imprensa e Lançamento das Candidaturas: 16h00
Local: Colégio Estadual Professor Cleto
Rua Visconde de Nácar, 544, Centro, Curitiba-PR

12 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O PSTU é o partido do século XXI. Me parece que o socialismo cresce.

  2. Os militantes do PSTU estão de parabéns pois tem propostas inteligentes para um governo dos trabalhadores. Reforma agrária, reforma urbana, reestatização das empresas privatizadas, 10% do PIB para a saúde e educação e fim do bolsa banqueiro.

  3. Parabéns ao PSTU pois não tem mensaleiros como o PT e o PSDB. A aliança operária e estudantil rumo a construção do socialismo. Nas ruas e na eleição o PSTU fazendo a luta contra a exploração do capital. A classe trabalhadora é a maioria por isso o programa de um governo dos trabalhadores sem a burguesia é a saída da classe operária e a juventude. O socialismo vive.

  4. Nossa! O PSTU está mal de candidatos hein! Com esses ai, eles devem ser da lógica daqueles que entram em uma competição, apenas para fazer número.

  5. Vão dar trabalho, são candidatos fortíssimos!

    • Os socialistas autênticos são fortes na moral e não no poder econômico, pois não aceitam dinheiro de empreiteiras. A força da classe trabalhadora está nas ocupações por reformas agrária e urbana, nas greves e o povo nas ruas para mudar a vida dos operários e da juventude.

  6. SEM CONTRAPONTO, PT NADA DE BRAÇADA E SOLTA FOGOS, com filha de Gov. do PT, candidata do PSOL, e demais candidaturas que aí estão e que, na verdade, nada representam (senão mais dos mesmos ou retrocesso) em termos de mudanças de verdade: sérias, estruturais e profundas, como deseja 7O% do Povo Brasileiro e como propõe o HoMeM do Mapa da Mina do bem comum , com a RPL-PNBC-ME. Aliás, HMM-RPL-PNBC-ME-RUAS é a única coligação que restou aos que de fato desejam mudanças de verdade contra o velho continuismo da mesmice de 125 anos dos velhos, gollpismo-ditatorial e partidarismo-elleitoral, velhacos. O Brasil precisa ouvir a voz da Esperança que, através das suas duas filhas, Indignação e Coragem, está rugindo firme, forte, algo e em bom som, para todo o Brasil.

  7. Espero que não danifiquem as estruturas do tradicional colégio estadual do centro de Curitiba…

    • Quem danificam as estruturas públicas são o PSDB e o PT que estão privatizando o patrimõnio público. A corrupção desses partidos está vandalizando o dinheiro do povo trabalhador.

  8. Partido que apoia Black Bloc não merece o voto do povo brasileiro.