Por Esmael Morais

“Requião pode tirar Richa do segundo turno no Paraná”, prevê André Vargas

Publicado em 23/12/2013

Em entrevista ao deputado Luiz Carlos Martins (PSD), na Rádio Banda B, nesta segunda (23), André Vargas previu que o governador Beto Richa pode ficar fora do segundo turno, caso Requião entre na disputa pelo Palácio Iguaçu em 2014; "Acredito que se Requião entrar podemos repetir Curitiba, na qual todos já garantiam o Ducci no segundo turno e tivemos Fruet e Ratinho!, afirmou o petista, referindo-se à s eleições de 2012.

Em entrevista ao deputado Luiz Carlos Martins (PSD), na Rádio Banda B, nesta segunda (23), André Vargas previu que o governador Beto Richa pode ficar fora do segundo turno, caso Requião entre na disputa pelo Palácio Iguaçu em 2014; “Acredito que se Requião entrar podemos repetir Curitiba, na qual todos já garantiam o Ducci no segundo turno e tivemos Fruet e Ratinho!, afirmou o petista, referindo-se à s eleições de 2012.

O deputado federal André Vargas, porta-voz da candidatura da ministra Gleisi Hoffmann, do PT, em entrevista ao radialista Luiz Carlos Martins, na Rádio Banda B, nesta segunda (23), falou que a presença do senador Roberto Requião (PMDB) na corrida pelo governo do Paraná torna a disputa imprevisível. Segundo o petista, o peemedebista pode até tirar o governador Beto Richa (PSDB) do segundo turno, como aconteceu em Curitiba nas eleições de 2012, quando o ex-prefeito Luciano Ducci (PSB), aliado do tucano, ficou para trás.

O articulador político de Gleisi afirmou que Richa só pensa em empréstimo e em pedágio, o que favoreceria a oposição que tem mais feitos tanto no governo federal quanto na gestão de Requião. “Acredito que se Requião entrar podemos repetir Curitiba, na qual todos já garantiam o Ducci no segundo turno e tivemos Fruet e Ratinho!, sugerindo que o tucano também pode ficar para trás em 2014, ou seja, não avançar para a segunda etapa eleitoral.

Se Requião entrar, ninguém sabe o que vai acontecer”, disse Vargas nos microfones da Rádio Banda B, emissora com maior audiência em Curitiba e com alcance na Região Metropolitana, Campos Gerais e no Litoral.

André Vargas interpretou os números da Paraná Pesquisas divulgadas ontem (22) pelo jornal Gazeta do Povo, onde, em um cenário mais crível, Beto Richa (PSDB) lidera com 43%, Gleisi Hoffmann (PT) tem 24% e Roberto Requião (PMDB) larga com 20%.