2 de agosto de 2014
por esmael
28 Comentários

Coluna do Ricardo Gomyde: PSDB X Lula/Dilma: O que é melhor para o Brasil?

"No governo FHC (PSDB) o país ia mal", recorda Ricardo Gomyde em sua coluna deste sábado, que compara em 13 pontos as realizações da era tucana com o legado de Lula e Dilma nos últimos 12 anos; colunista lembra ainda que no início dos anos 90, na época de UNE, lutava-se contra as privatizações e pagamento do FMI, pelo salário mínimo de 100 dólares; "Parece incrível que em tão pouco tempo (governos Lula/Dilma) esta agenda tenha sido invertida de forma tão radical", observa Gomyde; coincidentemente à  crítica do especialista em políticas de inclusão social, hoje desembarca em Curitiba, via aeroporto Afonso Pena, o senador mineiro Aécio Neves, candidato tucano à  Presidência da República, que tem como proposta resgatar o modelo neoliberal do passado; O que é melhor para o Brasil?!, pergunta Gomyde; leia o texto e compartilhe.

“No governo FHC (PSDB) o país ia mal”, recorda Ricardo Gomyde em sua coluna deste sábado, que compara em 13 pontos as realizações da era tucana com o legado de Lula e Dilma nos últimos 12 anos; colunista lembra ainda que no início dos anos 90, na época de UNE, lutava-se contra as privatizações e pagamento do FMI, pelo salário mínimo de 100 dólares; “Parece incrível que em tão pouco tempo (governos Lula/Dilma) esta agenda tenha sido invertida de forma tão radical”, observa Gomyde; coincidentemente à  crítica do especialista em políticas de inclusão social, hoje desembarca em Curitiba, via aeroporto Afonso Pena, o senador mineiro Aécio Neves, candidato tucano à  Presidência da República, que tem como proposta resgatar o modelo neoliberal do passado; O que é melhor para o Brasil?!, pergunta Gomyde; leia o texto e compartilhe.

Ricardo Gomyde*

Quando diretor da UNE, no inicio da década de 90, íamos as ruas para protestar contra o pagamento dos serviços da dívida que o Brasil tinha com o FMI. Era comum a vinda de dirigentes deste organismo ao Brasil para ditar regras sobre a condução de nossa economia. Os sindicatos tinham como palavra de ordem o salário mínimo de U$ 100,00. Leia mais