27 de maio de 2014
por esmael
31 Comentários

No desespero pelo PMDB, tucanos oferecem vice a sobrinho de Requião

 Se depender dos estrategistas do Palácio Iguaçu, o deputado João Arruda, sobrinho de Requião, será o vice na chapa de reeleição de Beto Richa; no desespero pela cada vez mais distante coligação com PMDB, tucanos agora abrem temporada do "vale tudo" no Paraná; mais provável é que vice do governador seja Traiano ou Ratinho Júnior; nesta terça (27), em Brasília, Romanelli e Pessuti tentarão estabelecer um "index" com palavras proibidas, que Michel Temer não poderá pronunciar no almoço de quinta-feira (29), em Curitiba, com 500 lideranças peemedebistas.


Se depender dos estrategistas do Palácio Iguaçu, o deputado João Arruda, sobrinho de Requião, será o vice na chapa de reeleição de Beto Richa; no desespero pela cada vez mais distante coligação com PMDB, tucanos agora abrem temporada do “vale tudo” no Paraná; mais provável é que vice do governador seja Traiano ou Ratinho Júnior; nesta terça (27), em Brasília, Romanelli e Pessuti tentarão estabelecer um “index” com palavras proibidas, que Michel Temer não poderá pronunciar no almoço de quinta-feira (29), em Curitiba, com 500 lideranças peemedebistas.

Nem Caito Quintana nem Artagão de Mattos Leão Júnior. Muito menos Osmar Serraglio ou Orlando Pessuti. O cara do momento é o deputado federal João Arruda (PMDB), sobrinho do senador Roberto Requião, pré-candidato ao governo do Paraná. Leia mais