15 de fevereiro de 2019
por Esmael Morais
Comentários desativados em Jean Wyllys vai denunciar governo Bolsonaro durante conferência internacional em Portugal

Jean Wyllys vai denunciar governo Bolsonaro durante conferência internacional em Portugal

O ex-deputado Jean Wyllys, do PSOL, vai descer a borduna no governo de Jair Bolsonaro no fim deste mês (26 de fevereiro) durante conferência internacional na Universidade de Coimbra, em Lisboa, Portugal. ... 

Leia mais

7 de novembro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em PT aciona PGR contra vinheta do SBT que enaltece a ditadura militar

PT aciona PGR contra vinheta do SBT que enaltece a ditadura militar

O SBT, pertencente ao empresário Sílvio Santos, incorreu em vários crimes, alguns incluídos na Lei de Segurança Nacional, ao divulgar em sua programação, na terça-feira (6), vinhetas com o bordão “Brasil, ame-o ou deixe-o”, um dos principais slogans do período da ditadura militar. ... 

Leia mais

12 de outubro de 2018
por Esmael Morais
Comentários desativados em Haddad denuncia onda violência no 1° programa eleitoral; assista ao vídeo

Haddad denuncia onda violência no 1° programa eleitoral; assista ao vídeo

O presidenciável Fernando Haddad (PT) denunciou no programa eleitoral desta sexta (12), o 1º do segundo turno, a onda de violência provocada pelo discurso de ódio do adversário Jair Bolsonaro (PSL). Confira. ... 

Leia mais

13 de agosto de 2015
por Esmael Morais
8 Comentários

Ato antigolpe reúne forças vivas da sociedade em defesa de Dilma

iddd

Forças vivas sociedade realizam um Ato Público na próxima terça-feira, 18 de agosto, em São Paulo, contra o autoritarismo e as ameaças ao Estado Democrático de Direito. O evento capitaneado pelo Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD) será logo depois das manifestações contra a presidenta Dilma Roussef, marcadas para domingo (16), e servirá de aquecimento às manifestações antigolpe da UNE e movimentos sociais marcadas para a quinta-feira (20).

Neste domingo, a partir das 14 horas, o Blog do Esmael vai transmitir e comentar ao vivo o protesto desde Curitiba para o Brasil e o mundo.

Segundo o IDDD, o país mergulhou numa onda punitivista perigosa, alimentada diariamente pelo discurso de ódio, que se aproveita do clamor gerado por causas de repercussão para conseguir a aprovação da chamada legislação de pânico, que ameaça pilares democráticos do Estado de Direito.

Como exemplo o Instituto cita o movimento pela redução da maioridade penal, propostas de flexibilizações de regras processuais, como prisões decorrentes de sentenças em primeira instância ou a possibilidade de uso de provas ilícitas, as prisões preventivas ilegais, muitas vezes utilizadas como forma de pressão para forçar delações premiadas, a criminalização de movimentos sociais, o uso de grampos ilegais, o desrespeito absoluto à presunção de inocência e até mesmo propostas de retorno ao regime militar.

Com exceção da redução da idade penal, e o retorno ao regime militar, as referências à operação Lava Jato e às práticas do Juiz Sérgio Moro são mais que claras.

O IDDD convidou para o Ato, entidades de classe, representantes acadêmicos, centros acadêmicos, advogados, defensores públicos, juízes e toda a sociedade civil. Leia mais