18 de Março de 2014
por esmael
61 Comentários

Aprovação de Richa despenca 15% em reduto do PT. O chão é o limite?

Em cinco meses, a aprovação do governador Beto Richa despencou 15% no município de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, conhecido reduto petista; coincidência ou não, em fevereiro, a senadora Gleisi Hoffmann deixou a Casa Civil para se dedicar à  campanha rumo ao Palácio Iguaçu; queda na avaliação da administração tucana, segundo a Paraná Pesquisas, especial para o Blog do Esmael, segue uma tendência estadual; semana passada, esta página também mostrou que entre os curitibanos caiu 21% a aprovação da gestão Richa em apenas três meses.

Em cinco meses, a aprovação do governador Beto Richa despencou 15% no município de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, conhecido reduto petista; coincidência ou não, em fevereiro, a senadora Gleisi Hoffmann deixou a Casa Civil para se dedicar à  campanha rumo ao Palácio Iguaçu; queda na avaliação da administração tucana, segundo a Paraná Pesquisas, especial para o Blog do Esmael, segue uma tendência estadual; semana passada, esta página também mostrou que entre os curitibanos caiu 21% a aprovação da gestão Richa em apenas três meses.

Em outubro do ano passado, o céu era de brigadeiro e o mar de almirante para o governador Beto Richa (PSDB) no município de Pinhais, região metropolitana de Curitiba, e principal reduto do PT. Na época, nada mais nada menos que 67,08% dos moradores da cidade aprovavam o tucano e 29,06% o desaprovavam (clique aqui). Leia mais