Ministro Gilmar Mendes determina soltura do casal Garotinho


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, determinou nesta quinta-feira (31) a soltura dos ex-governadores do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho e Rosinha Matheus. Ambos haviam sido presos na manhã da última quarta-feira (30). Desembargadores da 2ª Câmara Criminal tinham derrubado o habeas corpus que mantinha o casal em liberdade.

Em sua decisão, o ministro impôs medidas cautelares alternativas à prisão. Dentre elas, a impossibilidade de ambos deixarem o Brasil de contatos com testemunhas e outros investigados, e o comparecimento mensal à Justiça.

LEIA TAMBÉM:

Justiça do Rio decreta prisão dos ex-governadores Garotinho e Rosinha Matheus

Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos no Rio

Magoado, Bolsonaro anuncia que não mais para ler a Folha de S. Paulo

O casal é suspeito de participar de esquema de superfaturamento em contratos celebrados entre a prefeitura de Campos e a construtora Odebrecht. Segundo delações prestadas à força-tarefa da Operação Lava Jato, os prejuízos aos cofres públicos do suposto esquema ilícito teriam chegado a R$ 60 milhões.