Lula vê desespero de Bolsonaro, que pode perder no primeiro turno

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), graficamente, desenhou um cenário de desespero do presidente cessante Jair Bolsonaro (PL), que pode perder do petista já no primeiro turno.

Pesquisa Quaest, divulgada nesta quarta-feira (06/07), aponta vitória de Lula no primeiro turno por 45% a 31%.

– Desesperado, o homem que divulgou a cloroquina, recusou a vacina e afundou o país em morte, fome e inflação, está louco para se salvar – diz a máquina de propaganda de Lula, qual seja, o PT.

Segundo os petistas, a vida não está fácil para o bolsonarismo.

– A menos de três meses das eleições, todas as previsões de recuperação de Bolsonaro nas pesquisas falharam. Ao contrário de 2018, quando o discurso de outsider da política e as fake news  “colaram”, dessa vez é preciso defender o indefensável – diz o site oficial de Lula.

– Tudo que o bolsonarismo mais quer é algo para desviar o foco do fracasso dessa gestão. E eis que a revista Veja, mais uma vez, se prestou ao serviço, divulgando com estardalhaço uma delação velha (de 2018) em que Marcos Valério alega, sem qualquer prova, existirem ligações entre PT, PCC e crime organizado – denuncia a pré-campanha lulista.

Lula e o PT acusam Bolsonaro de armar o tráfico e o PCC.

– O mesmo Bolsonaro, além de armar o tráfico, também levou o crime organizado, literalmente, para dentro do governo. Do que chamar o esquema de corrupção que coloca pastores para pedir propina em barras de ouro em troca de verba pública? Do que chamar o esquema do orçamento secreto, que destina emendas para parlamentares aliados realizarem compras superfaturadas em milhões de reais? – questiona.

Segundo os lulistas, Bolsonaro é o governo da criminalidade e por enquanto ele está no poder.

– Temos no poder, portanto, um governo criminoso, especialista em disseminar fake news, desesperado para encontrar uma história que “cole”, para tentar escapar do tribunal popular das próximas eleições.