Homem leva surra depois de apontar arma para político búlgaro; veja o vídeo

O líder do Movimento da Bulgária oposição de Direitos e Liberdades, Ahmet Dogan, escapou de uma tentativa de assassinato neste sábado (19), enquanto discursava em um congresso do partido, em Sofia, capital do país.

O vídeo do evento mostra um homem subindo ao pódio onde Dogan estava falando para apontar uma arma no rosto dele.

Dogan atingiu o homem antes de outros delegados surrarem o agressor que foi ao chão. Depois de apanhar muito, a polícia levou o agressor embora.

O partido, que representa principalmente a minoria turca na Bulgária, tinha chamado a convenção para eleger uma nova liderança. Dogan, de 58 anos, liderou o partido desde a fundação em 1990.

Depois de tomar parte na coalizão governista, o partido mudou para a oposição após as eleições de 2009, que foram ganhas pelo partido Gerb, conservador do primeiro-ministro Boyko Borisov.

A título de curiosidade, a presidenta Dilma Rousseff é de origem búlgara.

Com informações de agências internacionais.

Veja também  Com medo de apagão, "Bolsonaro" autoriza Selic subir em 0,75 ponto, para 4,25% ao ano

Comments are closed.