Fruet faz sombra para Richa ao reunir-se com 23 prefeitos eleitos da Grande Curitiba

Fruet assume a liderança dos prefeitos eleitos e reeleitos. Foto: Everson Bressan.
O prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), ao que parece, já começa fazer sobra à  liderança do governador Beto Richa (PSDB). Ontem à  noite (3), o pedetista se reuniu com 23 colegas eleitos dos municípios da região metropolitana.

O evento foi organizado pelo prefeito reeleito de Pinhais, Luizão Goulart (PT), sob o pretexto da busca por soluções para problemas comuns enfrentados pelos municípios, como lixo, saúde, meio ambiente, habitação e transporte. Mas houve forte conotação política no encontro.

Minha trajetória política tem forte ligação com a região metropolitana. Por isso, insisti para que este primeiro encontro acontecesse antes mesmo da posse. Chegou o momento de sairmos do discurso e finalmente avançarmos em algumas questões!, comentou Fruet.

Temos problemas comuns que nunca foram resolvidos. Acho que esta é a primeira vez que um prefeito de Curitiba participa de uma reunião como esta conosco!, afirmou o prefeito de Pinhais, numa clara crítica ao governo estadual.

Sobre o transporte coletivo, Fruet destacou a necessidade da manutenção do subsídio do governo do estado, que hoje beneficia usuários de Curitiba e dos municípios vizinhos.

Este subsídio tem forte caráter social, já que muitos trabalhadores são beneficiados com a manutenção do valor da tarifa. A expectativa é de que o valor deste subsídio chegue a R$ 80 milhões em 2013. Nos próximos dias devo ter uma reunião com o governador para tratar deste e de outros assuntos!.

O prefeito eleito de Curitiba afirmou que é preciso buscar uma solução para a destinação do lixo ainda no primeiro semestre de 2013.

Estive no Tribunal de Contas e recebi informações sobre a emperrada licitação para implantação do Sistema Integrado de Aproveitamento de Resíduos Sólidos (Sipar). Esta é uma bomba-relógio que teremos que desarmar!, lembrou.

Veja também  'Geringonça Paranaense' organiza super live na próxima segunda-feira, 29 de março

Portando-se como porta-voz do governo federal, Fruet disse ainda que parcerias na área de meio ambiente podem trazer mais recursos federais para a região.

O governo federal tem linhas de financiamento para projetos com participação de ao menos dois municípios. Temos que nos agilizar para captar estes investimentos!, destacou.

Projetos conjuntos também são fundamentais na área da habitação. Curitiba tem acesso a linhas de financiamento, mas praticamente já não tem espaço físico. Isso pode ser resolvido com projetos conjuntos!, finalizou.

Uma nova reunião entre os prefeitos da região metropolitana deve acontecer já em janeiro.

Comments are closed.