Força Sindical faz campanha pela liberdade de Nelsão, preso há uma semana na PF

Nelsão da Força está preso na PF. Foto: José Gomercindo.
Os diretores da Força Sindical do Paraná programaram um protesto amanhã (22), à s 17 horas, em frente à  Superintendência da Polícia Federal (PF), no bairro Santa Cândida, contra a prisão do sindicalista Nelson de Souza, o Nelsão.

Nelsão está preso na PF desde o último dia 14, quando lutava por uma trincheira na BR-277, em benefício da comunidade de Campo Largo, região metropolitana de Curitiba.

O sindicalista é conhecido nos meios políticos como um militante das causas populares. Ele foi um dos principais mobilizados da campanha “A Copel é nossa!”, em 2001, que impediu a venda da estatal de energia no governo Jaime Lerner.

A central sindical reclama que “Nelsão foi arbitrariamente preso e absurdamente enquadrado com o crime de ‘formação de quadrilha'”.

“Estranhamente, a Justiça Federal aceitou a tese de ‘formação de quadrilha’ e tem negado todos os pedidos de soltura do líder sindical em uma clara afronta à  Constituição Federal, à s liberdades democráticas, ao livre direito de expressão e manifestação do pensamento”, diz um comunicado da Força Sindical.

Todo o apoio à  liberdade de Nelsão.

Veja também  Pesquisadores de buracos negros ganham o Prêmio Nobel de Física 2020

Comments are closed.