Datafolha: Bolsonaro está derretendo em SP; Lula tem 43%, Bolsonaro 30%, Ciro 8%

As notícias são péssimas em São Paulo para o presidente cessante Jair Bolsonaro (PL), segundo os números da pesquisa Datafolha.

Mesmo antes da divulgação do recorte sobre a intenção de votos para presidente entre os paulistas, o levantamento que veio a lume ontem (30/06) indica que o inquilino do Palácio do Planalto está derretendo no maior colégio eleitoral do País.

[Atualização: o Datafolha apurou que Lula tem 43%, Bolsonaro 30%, Ciro 8%.]

O Datafolha afirma que 64% dos paulistas não votariam em um candidato ao governo de SP apoiado por Bolsonaro, o que rende ao mandatário o título de ‘mala sem alça‘ das eleições de 2022.

Houve um avanço significativo da pré-candidatura do governador Rodrigo Garcia (PSDB), que foi impulsionado nessa sondagem. O tucano está em segundo lugar, empatado com o candidato de Bolsonaro.

Datafolha e Paraná Pesquisas, ambas com contratos no governo tucano, divulgam pesquisas em SP

Após vencer licitação no governo, Datafolha divulga 1ª pesquisa em São Paulo

Como notícia ruim pouca é bobagem, Jair Messias Bolsonaro – e seu pupilo na disputa pelo Palácio Bandeirantes – também sofreu um revés com a desistência do jornalita José Luiz Datena (PSC) de concorrer ao Senado, o que deixa manco o palanque do ex-ministro Tarcísio Gomes (Republicanos).

Além de Datena, é praticamente certa a desistência do ex-governador Márcio França (PSB) da corrida ao governo de SP. O político socialista tende a buscar vaga no Senado, cujo caminho foi desobstruído pelo bolsonarismo com a desistência de Datena.

Pelo andar da carroça, as melancias estão se ajustando favoravelmente à eleição de Fernando Haddad (PT) ao governo de SP já no primeiro turno.

Se a disputar a avançar para o segundo turno, não seria surpresa nenhuma que o confronto seria entre Haddad e Garcia, portanto, sem o candidato de Bolsonaro.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.