Datafolha e Paraná Pesquisas, ambas com contratos no governo tucano, divulgam pesquisas em SP

► DataTucano [Datafolha] e DataBozo [Paraná Pesquisas] divulgam sondagens para o governo de São Paulo

Não espere imparcialidade dos institutos de pesquisa que você poderá ter uma grande decepção. Que o digam Datafolha e Paraná Pesquisas, ambas empresas com contratos no governo tucano de Rodrigo Garcia (PSDB). Elas divulgarão sondagens sobre a disputa pelo Palácio Bandeirantes – sede do governo paulista – entre amanhã (30/06) e domingo (03/07), segundo registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O Datafolha, que recentemente venceu uma licitação no governo do “Tucanistão”, irá medir a intenção de votos para o governo do estado em cuja disputa está o contratante Rodrigo Garcia.

A soldo do jornal Folha de S.Paulo, por R$ 231.902,00, o Datafolha vai entrevistar 1.806 eleitores no estado de SP com margem de erro de 2% para mais ou para menos.

O “DataTucano” – como o mercado de pesquisas carinhosamente chama o instituto – promete entregar os números apurados nesta quinta-feira, dia 30 de junho.

Financeiramente, o Datafolha e a Folha estão sob o guarda-chuva do Grupo Folha, que ainda tem na holding o banco PagBank [o banco completo, segundo a propaganda] na retaguarda.

A farra dos bancos nas pesquisas eleitorais de 2022 e o impacto nas redes sociais

A farra dos bancos nas eleições presidenciais de 2022; entenda o esquema

Institutos de pesquisa buscam ‘desbolsonarização’ com possibilidade de vitória de Lula no 1º turno

Já a Paraná Pesquisas, que também ficou com um naco da licitação no governo do PSDB, em SP, realizará seu levantamento com 1.820 entrevistas de eleitores paulistas.

Às expensas do banco BGC Liquidez, por R$ 96.000,00, o “DataBozo” [a Paraná Pesquisas também tem contrato milionário com o governo de Jair Bolsonaro, do PL] promete entregar sua previsão no domingo, dia 3 de julho, com margem de erro de 2,3% para mais ou para menos.

As pesquisas ainda sondarão as intenções de voto para o Senado e presidente da República em SP.

Datafolha e Paraná Pesquisas, além de terem em comum entre si contratos com o governo do PSDB, em São Paulo, as duas empresas também têm fortes ligações com bancos e especuladores do sistema financeiro.

Perguntar não ofende: se os números forem desfavoráveis ao candidato tucano, o contratante [governo de SP] cancelará a licitação com os institutos? A conferir.

Clique aqui para ler a íntegra do questionário da pesquisa Datafolha.

Clique aqui para ler a íntegra do questionário da sondagem da Paraná Pesquisas.

Blog do Esmael, notícias verdadeiras.