Lula deve protagonizar o “Fora Bolsonaro”, por Markus Sokol, da Executiva Nacional do PT. Foto: Ricardo Stuckert

Lula deve protagonizar o “Fora Bolsonaro”, por Markus Sokol, da Executiva Nacional do PT

Markus Sokol*

O povo brasileiro não merece esse governo de destruição até 2023. É o que motiva desde maio os atos de rua por Fora Bolsonaro.

A maior liderança popular do país, Lula, deveria ser protagonista nesta mobilização para elevá-la a um patamar superior.

Em junho Lula estava em dúvida de ir a um ato na avenida Paulista, a imprensa deu e ele próprio mencionou no Diretório Nacional. Estivemos entre os que defenderam a presença também no último DN, dia 11 de setembro (Lula ausente).

O argumento sanitário, com todos os cuidados adotados, não é mais proibitivo. O argumento da “politização” dos atos, a esta altura, depois que Bolsonaro e os aspirantes à “terceira via” foram a atos se promover, não tem sentido.

Lula foi, em certo momento, nos atos do Fora Collor (1992) e do Fora Temer (2017). Por que não iria agora?

Desde o tempo dos atos das Diretas Já (1984), sabemos a importância da presença das maiores lideranças – na época, Lula e Brizola – junto aos partidos, sindicatos e movimentos. É o normal quando se trata como hoje da questão de “que governo”, pois na tribuna se apresentam caminhos para realizar as aspirações populares de que são depositárias as lideranças. Aí se mostra na mobilização a relação de forças das alternativas.

No dia 7 Bolsonaro mostrou tudo o que tem, para continuar. A “terceira via” mostrou dia 12 que não tem massas, nem vontade de construir uma saída (impeachment ou outra) – ambos esperam 2022. Lula, sim, junto a uma mobilização mais ampla mostrará a força para construir o Fora Bolsonaro.

Anunciar a presença de Lula nos atos é um sinal de que é pra valer, para as entidades e a opinião pública em geral, é uma mensagem aos milhares de ativistas e estruturas do PT e partidos de esquerda que, na falta dele, estranho a esta altura, seriam levados à uma preparação administrativa das eleições de 2022. Lula deve ser o candidato do Fora Bolsonaro, o que antes, melhor!

*Markus Sokol é membro da Executiva Nacional do PT

Leia também
Bolsonaro sofreu a ‘vaia dos mil dias’ em BH nesta quinta-feira

‘Jair Fora Bolsonaro’ visitará hoje Maringá (PR)

Kim Kataguiri entra na linha de fogo de frentistas do Paraná e do Brasil