Folha destaca "Geringonça" de Requião para voltar ao governo do Paraná em 2022

Cúpula do MDB chama Requião para jantar com Lula em Brasília

O ex-senador Eunício Oliveira (CE), um dos mandachuvas do MDB nacional, convidou o também ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) para um jantar com Luiz Inácio Lula da Silva, nesta quarta (06/10), em Brasília. O ágape será na casa de Eunício e terá como cardápio principal a eleição presidencial de 2022.

Em pré-campanha pelo governo do Paraná, Requião agradeceu ao convite e disse que se reunirá com a base política no município de Jacarezinho, no Norte do Paraná, na quinta, às 19h. Por isso ele informou que não estará presente para o repasto.

A cúpula do MDB disse lamentar a saída do ex-senador paranaense do partido e estuda, em 2022, intervir para a sigla no Paraná apoiar Requião ao Palácio Iguaçu, independentemente onde ele estiver filiado.

Há dois meses, Roberto Requião deixou o MDB depois de 40 anos de filiação. Ele perdeu a convenção emedebista para o governador Ratinho Junior (PSD) e o presidente Jair Bolsonaro.

Além de Lula e Eunício, o jantar ainda reunirá o governador do Distrito Federal, Ibaneis, Rocha; os senadores Renan Calheiros (AL) e Veneziano Vital do Rêgo (PB); os ex-senadores Romero Jucá (RR) e Edison Lobão (MA); e o ex-presidente José Sarney.

Leia também

Requião e Lula iniciam espetacular virada em pesquisas no Paraná

Avisado de que candidatura de Moro é pra valer, Bolsonaro caiu na gargalhada e foi parar no ambulatório de tanto rir

Câmara convoca Paulo Guedes para explicar offshore em paraíso fiscal