Presidente Jair Bolsonaro com a boca aberta

Bolsonaro surta, tira a máscara e manda repórter da Globo calar a boca [vídeo]

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) surtou nesta segunda-feira (21/6), tirou a máscara diante das câmeras, e mandou uma repórter da TV Globo calar a boca. Em surto, o mandatário ainda gritou com seus próprios assessores pendido que eles também calassem a boca boca. O assunto era #19JForaBolsonaro, movimento de sábado (19/6) que exigia o Fora Bolsonaro e o impeachment do presidente da República.

“Eu sou alvo de canalhas no Brasil”, desabafou Bolsonaro durante visita em Guaratinguetá, em São Paulo. “Dá pra calar a boca aí atrás”, espezinhou, virando-se para seus assessores.

Irritado com jornalistas, Jair Bolsonaro reclamou da CNN por ter elogiado manifestações do fim de semana, por isso ele atacou repórter da TV Vanguarda, afiliada da Globo, e mandou o próprio staff “calar a boca”.

Leia também

Surtado, o presidente também tirou a máscara após ser perguntado sobre uso da proteção. “Essa Globo é uma merda de imprensa”, xingou. “Cale a boca”, reagiu na tentativa de pergunta da repórter.

Bolsonaro chegou à cidade na manhã de hoje e, sem máscara, cumprimentou apoiadores.

O ex-deputado Jean Wyllys, agora no PT, disse que “é tão déjàvu a cena” do presidente fascista insultando a imprensa por meio de uma jornalista e lhe mandando calar a boca diante das câmeras. “Quando deputado, era comum esse escroque fazer o mesmo com as deputadas do PT e comigo diante da impassibilidade dessa mesma imprensa”, recordou.

Para o líder do MTST, Guilherme Boulos, Bolsonaro está descontrolado por causa das manifestações de rua no último fim de semana.

“Bolsonaro está descontrolado, além da covardia de sempre. O #19J mexeu com ele…”, disse Boulos, que é psicanalista.

Assista o vídeo com Bolsonaro surtando