renan versus bolsonaro

Renan pergunta a Bolsonaro: por que tanto medo?

No dia que o presidente Jair Bolsonaro disse que não tinha medo da CPI da Covid e do ex-presidente Lula, aliados do Palácio do Planalto conquistaram uma questionável liminar impedindo o senador Renan Calheiros (MDB-AL) de assumir a relatoria da comissão no Senado.

Experiente, Renan desqualificou a decisão monocrática da Justiça Federal do DF porque, segundo o parlamentar, a CPI nada tem a ver com a primeira instância.

“Não há precedente na história do Brasil de medida tão esdrúxula como essa”, disse o emedebista.

Mirando em Bolsonaro, pelo Twitter, Renan disse que está recorrendo da decisão e perguntou ‘por que tanto medo’ do mandatário.

Na noite desta segunda-feira (26/4), a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) soltou fogos e artifícios para comemorar a suspensão do nome de Renan.

A seguir, leia a íntegra a manifestação de Renan Calheiros:

1) A decisão é uma interferência indevida que subtrai a liberdade de atuação do Senado. Medida orquestradas pelo governo Jair Bolsonaro e antecipada por seu filho. A CPI é investigação constitucional do Poder Legislativo e não uma atividade jurisdicional.

2) Nada tem a ver com Justiça de primeira instância.
Não há precedente na história do Brasil de medida tão exdrúxula [sic] como essa. Estamos entrando com recurso e pergunto: por que tanto medo?