Apoiadores de Bolsonaro fazem aglomerações e ignoram avanço da covid

O preço de quase R$ 7 o litro da gasolina e a ordem para não aglomerar, em virtude da covid, não inibiram neste domingo (14/3) carreatas de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Em várias capitais brasileiras os bolsonaristas se aglomeraram, apesar da advertência das autoridades sanitárias.

Em vídeos publicados na internet, correligionários de Bolsonaro não usam máscara e se aglomeram em buzinaços em apoio ao presidente mesmos nas localidades com restrições.

O que eles defendem? Se é o mesmo que Bolsonaro, são favoráveis à cloroquina, ao desemprego às mortes provocadas pela covid.

Duas das articuladoras do movimento de hoje são as deputadas Carla Zambelli (PSL-SP) e Bia Kicis (PSL-DF), que dispensam apresentação.

Trata-se de uma manifestação que reúne mais do mesmo: fanatismo, negacionismo e intolerância política.