MEC revoga portaria que determinava volta às aulas presenciais nas universidades

O ministério da Educação (MEC) revogou a portaria que determinava o retorno das aulas presenciais nas universidades a partir de quatro de janeiro. A portaria havia sido publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (2).

O recuo do MEC ocorreu após críticas das instituições de ensino e de juristas, que disseram que portaria é inconstitucional porque fere a autonomia universitária.

As universidades se recusaram a voltar às aulas presenciais devido ao aumento das taxas de contaminação pelo novo coronavírus no país.

Em entrevista à CNN nesta quarta-feira, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou que fará uma consulta pública para ouvir o mundo acadêmico antes de tomar nova decisão.

De acordo com Ribeiro, agora o MEC vai liberar o retorno às aulas presenciais somente quando as instituições também estiverem confiantes de que as aulas podem ocorrer em segurança.

Com informações da CNN

Auxílio emergencial termina este mês e pode deixar 67 milhões sem renda

Congressistas dos EUA pedem proteção à deputada do PSOL Talíria Petrone