Campanha de Francischini quer censurar candidata do PT ‘líder dos ocupas’

A candidata a vereadora em Curitiba (PR), Ana Júlia Ribeiro (PT), informou pelas redes sociais que a chapa do deputado estadual Fernando Francischini, candidato à prefeitura pelo PSL, move uma ação judicial por conta de projeções visuais feitas em prédios da cidade, que criticam o presidente Jair Bolsonaro.

Uma das intervenções, projetadas em um prédio, trazia o número de mortos por Covid-19 no Brasil e a frase “Fora Bolsonaro”, além do endereço da página da petista no Instagram.

“A ideia inovadora parece ter incomodado os bolsonaristas, seja pela coragem de uma mulher, estudante de 20 anos, ou pelo conteúdo. Ana Júlia ficou conhecida no cenário político depois de discursar na Assembleia Legislativa do Paraná durante as ocupações estudantis de 2016, quando, com 16 anos, já não abaixava a cabeça para os poderosos”, diz nota divulgada pela candidata petista.

A campanha de Francischini demanda da Justiça Eleitoral um multa de R$ de 10 mil reais para a “líder dos ocupas”.

LEIA TAMBÉM SOBRE A CAMPANHA ELEITORAL:

Joice pede para ator de ‘Tropa de Elite’ sair do programa de Boulos em SP

Bolsonaro faz campanha para aliados na sua ‘live’ semanal

Pesquisa Datafolha SP: Russomanno, 27%; Covas, 21%, Boulos, 12%

Compartilhe agora