PT divulga nota de pesar pela morte de Dom Pedro Casaldáliga

A bancada do PT na Câmara dos Deputados divulgou uma nota de pesar pelo falecimento de Dom Pedro Casaldáliga, bispo Emérito de São Félix do Araguaia (MT).

LEIA TAMBÉM
No Rio, ONG instala cruzes e balões em Copacabana para lembrar os quase 100 mil mortos pela Covid-19 no Brasil

Bolsonaro dá início à privatização das subsidiárias da Caixa

PSOL entra com pedido de CPI para apurar depósitos de R$ 72 mil feitos por Queiroz a Michele Bolsonaro

Um dos maiores defensores dos direitos humanos e da reforma agrária no país, Dom Pedro morreu na manhã deste sábado (8), aos 92 anos, em Batatais, no interior de São Paulo.

Leia a íntegra da nota:

A Bancada do PT na Câmara dos Deputados externa o seu mais profundo pesar pela morte do Bispo Emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (Mato Grosso), Dom Pedro Casaldáliga, 92 anos, ocorrida neste sábado, 8 de agosto.

Dom Pedro Casaldáliga viveu para defender a causa dos trabalhadores, das comunidades tradicionais, dos agricultores familiares, dos sem-terra, de todos que defendem a vida, a justiça social, os direitos humanos, a democracia. O padre espanhol, que se mudou para o Brasil na década de 60, ofereceu sua luta cotidiana para combater a ditadura militar no País, em seu período mais sangrento. Combateu com suas ideias, com seus ideais libertadores e revolucionários, com a ação militante de quem sempre soube que estar ao lado dos oprimidos foi um dos ensinamentos de Cristo, o que Dom Pedro tomou como missão até o seu último dia de vida.

Ficam os exemplos, a garra, a história viva de Dom Pedro Casaldáliga, para continuarmos nossas lutas em todas as trincheiras, sejam no Parlamento, nas ruas, em todos os espaços onde a injustiça e a exploração ainda fazem morada.

Vá em paz, Dom Pedro!

Enio Verri

Líder da Bancada do PT na Câmara

Brasília, 8 de agosto de 2020.