Carluxo compartilha vídeo com agressão a profissional de Saúde

O vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSC), também conhecido como Carluxo, compartilhou um vídeo em que familiares de uma mulher falecida chegam a agredir um profissional da Saúde por causa do laudo da morte.

No vídeo, o profissional reportou a causa da morte como suspeita de Covid-19, mas os familiares não aceitaram e reagiram com agressões, gritos e empurrões.

O resultado do exame da Covid-19 pode demorar alguns dias para sair. Por isso, quando não há certeza, os médicos devem atestar como suspeita, para aguardar o resultado do exame.

Assista ao vídeo:

Carluxo e os bolsonaristas parecem comemorar esse tipo de reação. É como se houvesse um complô contra o presidente Bolsonaro, tentando fazer a pandemia parecer pior do que é. Mas essa é uma narrativa muito perigosa que deve levar muita gente à morte.

Como foi o caso da médica bolsonarista que desdenhou da pandemia e morreu de Covid-19.

Independente do profissional do vídeo estar certo ou errado, ele não pode ser agredido. Ninguém pode ser agredido. E, se existe suspeita de Coronavírus, ela deve ser relatada.

O Brasil ultrapassou o número de mil mortos nesta sexta-feira (10). Esse número, infelizmente, vai se multiplicar nos próximos dias. Muitas dessas mortes serão por culta de quem defende o relaxamento dos cuidados no combate à pandemia.

LEIA TAMBÉM:
Notícias ao vivo do Coronavírus: Brasil tem 1.074 mortes e 19.943 casos confirmados em 11 de abril

#Covid: A infecção dos trabalhadores; atualização em 11 de abril

Bolsonaro, o Judas, é malhado em todo o País

Compartilhe agora